Qual é o seu pedaço de paraíso?

Paraíso é um conceito, em partes, abstrato.
Quando eu era pequeno recebi, de um Testemunha de Jeová, um livro de capa amarela que continha histórias bíblicas, sobretudo do velho testamento.
Logo no início, uma imagem de paraíso deixava-me encantado. As mais diferentes pessoas e crianças, todas bem vestidas, fazendo carinho em leões, a caminhar em um gramado verdinho, a colher flores, um céu azul, uma casinha, um lago, girafas… Eu me lembro de passar longos minutos a contemplar e a me confortar com aquela cena. Eu não me converti, mas a agradabilíssima imagem ficou em mim.

abundancia

Com o tempo aprendi que o paraíso, muito mais do que uma imagem, é, em meus diálogos com o budismo, algo que pode ser alcançado interiormente. Em minha ocupação, ou melhor, em meu estilo de vida, acompanhei e acompanho muitos seres a viver o seu fim. Quando não conseguimos mais oferecer o cuidado de que necessitam, nossos moradores, infelizmente, acabam em um leito de hospital. Limitados em seus movimentos, vi alguns encontrarem o paraíso em uma reprodução de Kandinsky ou Grünewald.
Há pessoas também que constroem seus paraísos em vida. A minha avó, por exemplo, o tinha em seus “olhos de boneca”.
Se eu tivesse que escolher um lugar, tal como aquele dos Testemunhas, eu diria que o meu paraíso é onde eu, em entardeceres ensolarados, medito. Onde, em verões baforentos, me permito deitar no gramado e contemplar as nuvens do céu. No fundo do meu paraíso há uma pequena casa alaranjada e todo o espaço é habitado por seres elementares. Eles brincam no balanço e pulam do banco de pedra que um dia ergui. Quando chega a primavera eles fazem música com a árvore trompete. Em silêncio conseguimos observar as notas musicais descerem a floresta e mergulharem no rio Fulda. O meu paraíso é onde eu vivo, onde eu me permito ser, feliz ou triste, onde eu canto e danço, onde eu respiro, onde eu sou e estou no instante presente.

IMG_2015

2 comentários sobre “Qual é o seu pedaço de paraíso?

  1. Oi Peterson, que bom que vc gosta de refletir sobre uma vida melhor ou um paraíso. Sou Testemunha de Jeová e realmente creio num paraíso literal em que todos poderemos viver em paz, pois esse mundo está condenado, muitas tentativas humanas para melhorar , e nada. Somente Deus pra resolver essa situação global. Claro que precisamos viver da melhor maneira e fazer de tudo para ser feliz , mas de um modo geral , infelizmente não a solução, a não ser com a ajuda de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*